As Peças que a Vida Prega

Envie a um amigo! Envie a um amigo!      Imprimir Texto Imprimir Texto
Dê sua nota:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Classificação)

Quantas foram as vezes em que você se viu dizendo que não queria mais envolvimento com ninguém após um término de namoro ou uma desilusão amorosa? Acredito que diversas!

Porém, a vida sempre nos prega peças quando se trata de envolvimentos e sentimentos. Você pode até passar um tempo crendo que não irá se envolver novamente ou que não irá permitir que alguém surja em sua vida. Para que? Para bagunçar tudo mais uma vez? Para eu me envolver e depois quebrar a cara? Essas, provavelmente, são as perguntas principais que você deve se fazer nessas horas. Mas meu caros, quando se trata de sentimentos, quando se trata de estar gostando de alguém, nada do que você faça para evitar irá funcionar. Simplesmente acontece e não tem para onde correr.

Então, do nada você se vê ao lado de uma pessoa que te faz bem, que te faz sorrir e que te traz tranquilidade. Acha que não vai ser nada mais do que alguns encontros e saídas; porém se dá conta de que está enganado. Você percebe que está gostando dessa pessoa mais do que acreditou que poderia gostar, percebe que quer estar ao lado dela pelo simples fato de estar com ela. Reconhece que, quando não estão juntos, os seus pensamentos vão sempre ao encontro dessa pessoa e, por diversas vezes, cai na real e se vê imaginando coisas a serem feitas junto com ela e se assusta. Se assusta pelo simples fato de que não esperava isto e tenta entender como aconteceu.

Começa a perceber que quase sempre está procurando um motivo ou uma forma de falar com ela, de demonstrar que quer vê-la e que quer ficar junto dela. E quando vocês se despedem, percebe que não queria que chegasse a hora da despedida e desejaria parar o tempo só para curtir mais algumas horas ao seu lado.

E então você se vê pensando: Será que vai dar certo? Será que vamos ficar juntos? Devo confessar que estou gostando? Será que esta pessoa também está gostando de mim? E, por mais que você tente achar as respostas para estas perguntas, sabe que não existem respostas prontas para elas. Só o tempo irá te dizer se vai ou não dar certo, se vão ou não ficar juntos e se ela está ou não gostando de você. A você, cabe apenas demonstrar o que sente da forma mais sincera e verdadeira possível e deixar que essa pessoa perceba, através de suas atitudes, que foi ela quem você escolheu para entrar em sua vida e te fazer sentir novamente todas as sensações boas de estar gostando de alguém e que outrora você dizia não permitir mais acontecer.

Quando a vida decide nos pregar peças, ela o faz na hora que menos esperamos ou desejamos. Quando se trata de sentimentos, de gostar de alguém, não existem fórmulas infalíveis para evitar. Eles simplesmente aparecem e nos pegam desprevenidos, nos dão uma rasteira e nos mostram o quanto estávamos errados por querer, a todo custo, evitar gostar de alguém novamente. E percebe que, no fundo, tudo isso que você tentou evitar foi simplesmente medo. O medo de se entregar novamente e de se “machucar”. Mas esquece-se de que em cada relacionamento temos um aprendizado. Bons e ruins, mas ainda assim aprendemos e nos próximos evitamos cometer os mesmos erros de outrora.

Chego a conclusão de que é melhor arriscar e demonstrar, do que ficar na dúvida. Ao menos não terei me escondido atrás dos receios. E, por mais que não desse em nada, que não conseguisse conquistar da forma como desejei, a amizade permaneceria, pois esta já teria sido conquistada. Pedras no caminho sempre irão existir, o que torna uma pessoa capaz é a sua vontade de fazer. Se a vontade for tamanha, com toda certeza as pedras que ainda restam, serão retiradas.

Feliz Natal a todos e um próspero Ano Novo!!!

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Quem é o Rafhitch?

O Rafhitch é escorpianino, nascido e criado em Salvador-Ba, é uma pessoa fechada por ocasiões da vida, reservada (típico dos escorpianinos) e analítica por natureza, que adora estar em contato com os amigos e procura sempre preservar suas amizades. Uma pessoa difícil de entender, complicado às vezes, infantil sempre e brincalhão eternamente.

O que você pensa sobre o assunto? Deixe sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*
*