Fala Que Eu Te Escuto – Dando a Volta por Cima

Envie a um amigo! Envie a um amigo!      Imprimir Texto Imprimir Texto
Dê sua nota:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Classificação)

Mais um e-mail enviado para a seção Fala Que Eu Te Escuto. Neste e-mail, a leitora B. nos conta como foi o término de seu relacionamento e como conseguiu superar uma depressão e dar a volta por cima voltando a se envolver com outros homens e seguindo a vida normalmente. Vamos ao que interessa então!
“Olá, acompanho sempre seu site e vejo as ótimas dicas que vc dá para os(as) leitores(as). Com base nisso, resolvi dividir meu meu problema contigo, em busca de uma possível solução, gostaria tbm de manter-me anônima.
Obrigada.
Aí vai minha história:
Me chamo B. e tenho 21 anos, a seis meses terminei um relacionamento de pouco mais de três anos com o homem que achava que fosse minha vida… Foi muito complicado para mim porque tinhamos planos para o futuro. Quando estavamos juntos nada mais existia, eram só nós dois, era lindo! Pelo menos assim eu pensava quando vivia com ele…
Primeira coisa que você deve colocar em sua mente sempre B. é que, antes de amar outra pessoa, você deve se amar em primeiro lugar. Outra coisa, nunca ache que o seu parceiro é a sua vida, pois ele apenas faz parte de sua vida. A sua vida se resume em você e nas coisas que você permite que ocorra nela. O seu parceiro nada mais é do que um complemento para a sua vida, um complemento para a sua pessoa.
Nossas brigas eram constantes e sempre era por ciumes, ele afirmava que eu o traia ou poderia fazer isso a qualquer momento, acredito que ele usava isso por ter sido traido uma vez, mas ao mesmo tempo achava que ele o fazia apenas pra me ver no desespero, como uma forma de medir o quanto eu o amava… Então um dia ele brigou, como de costume, por ciumes e eu resolvi não chorar, não me calar e dizer o que tinha vontade. Ele me acusou, eu neguei, ele continuou me acusando então eu disse para ele deixar de ser criança e ser homem, que ele vivia terminando comigo e depois se arrependendo e querendo voltar. Mas dessa vez ele foi firme, eu tentei reatar mas não consegui, emagreci 5 Kg em 15 dias só fazia chorar, não tinha vontade de nada, sentia que a depressão tomava conta de mim, pensei até em cometer suicídio…
Acordava toda madrugada no susto, com o coração desparado e ia chorar no banheiro, numa dessas madrugadas ouvi em meus pensamentos a voz de minha irmã me recriminando por estar naquela situação enquanto ele estava ‘feliz’ com outra, porque ele terminou comigo e começou o namoro com outra. Então eu olhei no espelho, me vi horrível, digna de pena e prometi para mim mesma que não sofreria mais por ele, que aquelas lágrimas seriam as últimas! E foram! Resolvi sair, curtir a minha juventude, fazer tudo que eu tinha vontade de fazer e nunca pude por que ele me recriminava. Hoje sei que ter rompido com ele foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido.
Eu sempre digo que o ciúme descontrolado, a desconfiança desnecessária é a pior praga para uma relação. Ele tinha ciúmes de você em demasiado excesso, ficava procurando cabelo em casca de ovo e não se contentando ainda fazia uma pressão psicológica para você ficar se sentindo mal. A pessoa que usa do ciúme e de joguinhos cruéis para “medir o quanto a outra o ama”, não possui, ao meu ver qualquer sentimento por essa pessoa. Amor é algo que se conquista com o tempo e não de um dia para o outro, amor é confiança antes de qualquer coisa. Se ele realmente te amasse, ele jamais iria fazer o que fez. Prova maior de que ele realmente não gostava de você é o fato de, logo após o término ele começar um namoro com outra mulher. Não querendo julgar mas, para mim ele já deveria estar com esta outra muito antes de terminar com você e procurou apenas um motivo para acabar com a relação de vocês.
Infelizmente, você não conseguiu ser forte e superar o que aconteceu, acontece e é normal, o grande problema foi você querer dar fim à sua vida, isso é sinal de que a sua fraqueza foi tão grande que te fez perder a vontade de viver. Porém, você conseguiu perceber o que estava acontecendo e resolveu dar a volta por cima, resolveu curtir a sua vida, aproveitar ao máximo tudo o que ela tem para lhe oferecer. E garanto que, o que lhe aconteceu, serviu para o seu amadurecimento e para você perceber que a sua felicidade não depende de outra pessoa, depende apenas de você, que o outro é apenas um complemento para a sua felicidade.
Hoje vivo feliz, feliz realmente! As vezes sinto falta de uma companhia mas não me sinto preparada para um relacionamento sério agora. A dois meses conheci um rapaz, ele tem 33 anos, completamente diferente de tudo que estou acostumada… Ele me deixa a vontade, não me recrimina. Minha realção com ele é sexual, ele é o segundo homem que fiz sexo então dá pra medir o quanto me sinto a vontade com ele…
É bom saber que você hoje está feliz e seguindo a vida, tocando em frente. Prova disso é o fato de que você está se envolvendo com outro homem, porém com um pouco mais de maturidade e racionalidade para não se entregar totalmente e acabar sofrendo novamente. Você consegue perceber diante disso que, cada pessoa é única, tem suas qualidades e seus defeitos. O seu ex te recriminava, o atual lhe deixa a vontade para fazer o que gosta, o seu ex tinha ciúmes, o atual não é ciúmento, etc.
Ele foi noivo por 15 anos, a ex dele que terminou a relação, e até hoje ele a ama, quando nos vemos ele sempre conta algo dela e eu ouço. Penso em ter algo sério com ele até por que ele é bastante gente boa e temos algo a mais, algo que acaba sendo mais que sexo, mas não sei como chegar, não posso cobrar e nem sei se já estou preparada pra outra relação… Então, agora que você sabe toda a minha história, como devo agir? Devo continuar com ele, ficando apenas pelo sexo, devo pular fora dessa relação ou devo insistir em algo mais sério?
O que você tem que perceber aqui e é o que me parece, é que vocês possuem uma boa afinidade, uma boa química mas, pelo que contou, a relação é mais de “amigos coloridos” do que namorados. Não que isso seja impossível de acontecer, vocês virem a assumir um relacionamento, mas será que vocês serão felizes se assumirem um relacionamento mais sério? Ele ainda ama a ex dele e pelo que parece, ainda pensa muito nela, mesmo se dando muito bem com você. Ele sempre fala da ex para você e você o escuta e compreende pois, sabe o que é amar uma pessoa que não está mais com você. E daí eu te pergunto, você acha que conseguiriam assumir um relacionamento sério? Acha que podem dar certo juntos? Reflita bastante sobre isto e se perceber que vale a pena arriscar tentar ser feliz com ele em um relacionamento sério, siga em frente. Agora, se em algum momento você sentir que não é viável assumir algo mais sério com ele, mantenha as coisas da forma que estão ou simplesmente dê um ponto final para você não se envolver mais e acabar se apegando a alguém que não lhe ama.
A vida é feita de escolhas, nem sempre nossas escolhas são as corretas, mas ainda assim são as nossas escolhas. Faça a sua escolha e siga sempre em frente, se não der certo com ele, certamente dará com outro. Desejo que você consiga chegar a uma conclusão sobre o que quer fazer em relação a vocês dois.
Mais uma vez obrigada,
Bejos B.
Eu que te peço obrigado por enviar a sua história para o Amor Sexo Traição. Desejo que tudo fique sempre bem em sua vida.
Obrigado!
Rafhitch
Amor Sexo Traição

Mais um e-mail enviado para a seção Fala Que Eu Te Escuto. Neste e-mail, a leitora B. nos conta como foi o término de seu relacionamento e como conseguiu superar uma depressão e dar a volta por cima voltando a se envolver com outros homens e seguindo a vida normalmente. Vamos ao que interessa então!

Olá, acompanho sempre seu site e vejo as ótimas dicas que vc dá para os(as) leitores(as). Com base nisso, resolvi dividir meu problema contigo, em busca de uma possível solução, gostaria tbm de manter-me anônima.

Obrigada.

Aí vai minha história:

Me chamo B. e tenho 21 anos, a seis meses terminei um relacionamento de pouco mais de três anos com o homem que achava que fosse minha vida… Foi muito complicado para mim porque tinhamos planos para o futuro. Quando estavamos juntos nada mais existia, eram só nós dois, era lindo! Pelo menos assim eu pensava quando vivia com ele…

Primeira coisa que você deve colocar em sua mente sempre B. é que, antes de amar outra pessoa, você deve se amar em primeiro lugar. Outra coisa, nunca ache que o seu parceiro é a sua vida, pois ele apenas faz parte de sua vida. A sua vida se resume em você e nas coisas que você permite que ocorra nela. O seu parceiro nada mais é do que um complemento para a sua vida, um complemento para a sua pessoa.

Nossas brigas eram constantes e sempre era por ciumes, ele afirmava que eu o traia ou poderia fazer isso a qualquer momento, acredito que ele usava isso por ter sido traido uma vez, mas ao mesmo tempo achava que ele o fazia apenas pra me ver no desespero, como uma forma de medir o quanto eu o amava… Então um dia ele brigou, como de costume, por ciumes e eu resolvi não chorar, não me calar e dizer o que tinha vontade. Ele me acusou, eu neguei, ele continuou me acusando então eu disse para ele deixar de ser criança e ser homem, que ele vivia terminando comigo e depois se arrependendo e querendo voltar. Mas dessa vez ele foi firme, eu tentei reatar mas não consegui, emagreci 5 Kg em 15 dias só fazia chorar, não tinha vontade de nada, sentia que a depressão tomava conta de mim, pensei até em cometer suicídio…

Acordava toda madrugada no susto, com o coração desparado e ia chorar no banheiro, numa dessas madrugadas ouvi em meus pensamentos a voz de minha irmã me recriminando por estar naquela situação enquanto ele estava ‘feliz’ com outra, porque ele terminou comigo e começou o namoro com outra. Então eu olhei no espelho, me vi horrível, digna de pena e prometi para mim mesma que não sofreria mais por ele, que aquelas lágrimas seriam as últimas! E foram! Resolvi sair, curtir a minha juventude, fazer tudo que eu tinha vontade de fazer e nunca pude por que ele me recriminava. Hoje sei que ter rompido com ele foi a melhor coisa que poderia ter me acontecido.

Eu sempre digo que o ciúme descontrolado, a desconfiança desnecessária é a pior praga para uma relação. Ele tinha ciúmes de você em demasiado excesso, ficava procurando cabelo em casca de ovo e não se contentando ainda fazia uma pressão psicológica para você ficar se sentindo mal. A pessoa que usa do ciúme e de joguinhos cruéis para “medir o quanto a outra o ama”, não possui, ao meu ver qualquer sentimento por essa pessoa. Amor é algo que se conquista com o tempo e não de um dia para o outro, amor é confiança antes de qualquer coisa. Se ele realmente te amasse, ele jamais iria fazer o que fez. Prova maior de que ele realmente não gostava de você é o fato de, logo após o término ele começar um namoro com outra mulher. Não querendo julgar mas, para mim ele já deveria estar com esta outra muito antes de terminar com você e procurou apenas um motivo para acabar com a relação de vocês.

Infelizmente, você não conseguiu ser forte e superar o que aconteceu, acontece e é normal, o grande problema foi você querer dar fim à sua vida, isso é sinal de que a sua fraqueza foi tão grande que te fez perder a vontade de viver. Porém, você conseguiu perceber o que estava acontecendo e resolveu dar a volta por cima, resolveu curtir a sua vida, aproveitar ao máximo tudo o que ela tem para lhe oferecer. E garanto que, o que lhe aconteceu, serviu para o seu amadurecimento e para você perceber que a sua felicidade não depende de outra pessoa, depende apenas de você, que o outro é apenas um complemento para a sua felicidade.

Hoje vivo feliz, feliz realmente! As vezes sinto falta de uma companhia mas não me sinto preparada para um relacionamento sério agora. A dois meses conheci um rapaz, ele tem 33 anos, completamente diferente de tudo que estou acostumada… Ele me deixa a vontade, não me recrimina. Minha realção com ele é sexual, ele é o segundo homem que fiz sexo então dá pra medir o quanto me sinto a vontade com ele…

É bom saber que você hoje está feliz e seguindo a vida, tocando em frente. Prova disso é o fato de que você está se envolvendo com outro homem, porém com um pouco mais de maturidade e racionalidade para não se entregar totalmente e acabar sofrendo novamente. Você consegue perceber diante disso que, cada pessoa é única, tem suas qualidades e seus defeitos. O seu ex te recriminava, o atual lhe deixa a vontade para fazer o que gosta, o seu ex tinha ciúmes, o atual não é ciúmento, etc.

Ele foi noivo por 15 anos, a ex dele que terminou a relação, e até hoje ele a ama, quando nos vemos ele sempre conta algo dela e eu ouço. Penso em ter algo sério com ele até por que ele é bastante gente boa e temos algo a mais, algo que acaba sendo mais que sexo, mas não sei como chegar, não posso cobrar e nem sei se já estou preparada pra outra relação… Então, agora que você sabe toda a minha história, como devo agir? Devo continuar com ele, ficando apenas pelo sexo, devo pular fora dessa relação ou devo insistir em algo mais sério?

Mais uma vez obrigada,

Bejos B.

O que você tem que perceber aqui, e é o que me parece, é que vocês possuem uma boa afinidade, uma boa química mas, pelo que contou, a relação é mais de “amigos coloridos” do que namorados. Não que isso seja impossível de acontecer, vocês assumirem um relacionamento, mas será que vocês serão felizes se assumirem um relacionamento mais sério? Ele ainda ama a ex dele e pelo que parece, ainda pensa muito nela, mesmo se dando muito bem com você. Ele sempre fala da ex para você e você o escuta e compreende pois, sabe o que é amar uma pessoa que não está mais com você.

E daí eu te pergunto, você acha que conseguiriam assumir um relacionamento sério? Acha que podem dar certo juntos? Reflita bastante sobre isto e se perceber que vale a pena arriscar tentar ser feliz com ele em um relacionamento sério, siga em frente. Agora, se em algum momento você sentir que não é viável assumir algo mais sério com ele, mantenha as coisas da forma que estão ou simplesmente dê um ponto final para você não se envolver mais e acabar se apegando a mais um alguém que não lhe ama.

A vida é feita de escolhas, nem sempre nossas escolhas são as corretas, mas ainda assim são as nossas escolhas. Faça a sua escolha e siga sempre em frente, se não der certo com ele, certamente dará com outro. Desejo que você consiga chegar a uma conclusão sobre o que quer fazer em relação a vocês dois.

Eu que te peço obrigado por enviar a sua história para o Amor Sexo Traição. Desejo que tudo fique sempre bem em sua vida.

Obrigado!

Rafhitch

Amor Sexo Traição

P.S. Ando meio sumido do blog porém, não abandonarei o mesmo. Aqui é o meu lar, a minha casa, é onde eu exponho o que penso e o que sinto e procuro ajudar as pessoas que me procuram através dos e-mails, me pedindo conselhos, dicas sobre sexo, dicas de como agir em determinadas situações e para mim é um prazer enorme estar ajudando estas pessoas.

Tags: , , , , ,

Quem é o Rafhitch?

O Rafhitch é escorpianino, nascido e criado em Salvador-Ba, é uma pessoa fechada por ocasiões da vida, reservada (típico dos escorpianinos) e analítica por natureza, que adora estar em contato com os amigos e procura sempre preservar suas amizades. Uma pessoa difícil de entender, complicado às vezes, infantil sempre e brincalhão eternamente.

Subscribe to Comments RSS Feed in this post

13 Responses

  1. Queridos…

    Homem nunca termina relação pra ficar sozinho… isso é fato… sempre tem outra mulher engatilhada.
    Iniciar um relacionamento “sério” com um homem que ainda gosta da ex é muito perigoso, ainda mais para uma mulher que acabou de sair de uma relação que não deu certo.
    Acho que vc tem que aproveitar a “amizade colorida” de vocês e não criar expectativas. Sei que é difícil estar numa relação bacana e não criar cenários futuros, mas lembre-se sempre da ex.
    Aproveite cada minutinho com ele, pois se coisas tiverem que acontecer, acontecerão pode ter certeza.
    Mas não se prenda a ele não, pois você perder a oportunidade de conhecer outro alguém, com o coração livre e desimpedido, que faça seu coração bater mais forte e daí nasça uma história muito bacana.
    Beijocas

  2. Muito sensata sua resposta Rafa. Passei a te admirar ainda mais.
    bjs!

  3. oi Rafitch!

    passei prá dar um alô … andei sumida, não só daqui, mas da net como um todo … meu blog tava meio parado, mas tou retomando.

    bjos ;-)

  4. Oi Rafitch!
    Tô um pouco ausente, mas sempre que posso passo por aqui. É sempre muito bom te ler.
    bjos

  5. oi Rafitch!

    um amigo jornalista tem um plano de fazer uma matéria sobre blogs eróticos baianos, lembrei de você e do seu blog … vou te mandar um e-mail falando do assunto.
    ;-)
    xêro

  6. Hummmm ainda gosta da ex ? Acho que a moça da carta deveria dar um tempo no coração.
    Se ele gosta da ex, provavelmente vão acabar voltando e ela, pelo jeito, já tem o coração bem frágil. Primeiro acha que conheceu o cara da vida e depois ainda tenta se matar ?
    A moça tá precisando cuidar dela primeiro….
    Bom os ” toques” que você foi dando ao longo da carta.

    Acho que vou acender a luz amanhã….risos

    Beijão

  7. Olá! Como vai?

    Hoje estou passando pra pedir apoio pra Maroca ficar.
    Deixem a Maroca, não peço só como amiga, mas como fã do BBB.

    Desde já agradeço BRASIL!!!

    Me faça uma visitinha, saudades…

    Blog cada vez melhor, parabéns!
    Beijos

  8. Olá,

    Demorou, mas o nosso Primeiro Vídeo foi publicado. Se gostarem, postaremos outros.

    Calvin

  9. oi Rafitch!
    te mandei o e-mail sobre o meu amigo jornalista e a matéria … mas vc não respondeu.

    voltei aqui … prá saber.
    tb voltei ao meu blog.

    dê notícias

    xêro ;-)

  10. gostei do seu site
    quando puder dá uma passadinha no meu tbm
    vlw

  11. Rafa,
    Passa lá no Confissões e pega o seu selo de natal!
    Presentinho pra quem eu linkei!
    Não precisa repassar!
    É só pegar e colar,tá?
    Um beijão!

O que você pensa sobre o assunto? Deixe sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*
*