Dia dos Amantes – 22 de Setembro

Envie a um amigo! Envie a um amigo!      Imprimir Texto Imprimir Texto
Dê sua nota:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 voto(s), média: 4,00 de 5)

Ontem foi o dia dos amantes e início da primavera! Então fiquei pensando sobre o que escrever para o dia e acabei parado em uma questão: O que significa AMANTE? Seriam os casais que mantêm encontros amorosos com outra pessoa fora do relacionamento?

Segundo a Wikipédia, “amante é todo o ser humano que ama”, porém, é usado também para significar alguém que comete infidelidade ou seja, que mantêm relações sexuais adúlteras. Eu prerifo ficar com a primeira definição! Acho que hoje em dia as pessoas tratam o termo AMANTE no sentido mais pejorativo porém, esquecem-se que mesmo o amante adúltero é um ser humano que ama (que tem sentimento por algo ou alguém). Ou será que a pessoa está se envolvendo com outra fora do casamento, sem ter algum tipo de sentimento pela outra pessoa (atração, carinho, desejo, etc.)? Tá certo que existem pessoas desprovidas de qualquer tipo de afeto por alguém mas, creio que sejam uma minoria.

E quem nunca foi ou é amante (no sentido pejorativo mesmo)?

Conheço muitas pessoas que preferem ser amantes ao invés de serem as únicas na vida de alguém. Algumas afirmam até que conseguem diferenciar o sentimento quando se é amante porém, na maioria das vezes elas procuram enganar a si mesmas pois, muitas vezes acabam se apaixonando de verdade na relação. E quando se encontram apaixonadas, acabam se entregando de cabeça no relacionamento onde, na maioria das vezes acabam quebrando a cara. Claro que existem os que criam uma barreira e não se entregam totalmente, sem antes sentir que a outra pessoa realmente está gostando o suficiente para que ela possa se entregar. Acontece que mesmo assim, se não forem conscientes de que a relação poderá não sair da atual situação (amantes apenas), acabam se apaixonando e desejando ter aquela pessoa só para si.

Contudo, todo cuidado é pouco quando se trata de sentimentos e deve-se ter mais cuidado ainda com o sentimento quando a relação é entre “amantes”. Acredito que a melhor forma de ser feliz é arriscando de verdade, sem medos e sem neuras, o que pode ser difícil mas, o certo a ser feito. Digo arriscar, consciente de qual tipo de relação você está entrando. O texto Triângulo Amoroso exemplifica bem isto que estou falando.

Bom pessoal, espero mais uma vez que tenham gostado do texto. Abraços!

Tags: , , , , , , , , ,

Quem é o Rafhitch?

O Rafhitch é escorpianino, nascido e criado em Salvador-Ba, é uma pessoa fechada por ocasiões da vida, reservada (típico dos escorpianinos) e analítica por natureza, que adora estar em contato com os amigos e procura sempre preservar suas amizades. Uma pessoa difícil de entender, complicado às vezes, infantil sempre e brincalhão eternamente.

Subscribe to Comments RSS Feed in this post

30 Responses

  1. Ninguém é de ninguém. Ninguém tem ninguém SÓ pra si em relação alguma. Assim penso eu.
    Como disse, fui ” amante” e a palavra nunca é no sentido ” pejorativo”..risos…durante mais de dez anos.
    Minha relação foi ótima. Eu e meu ” namorante” nos dávamos muito bem. Éramos amigos. Cúmplices. E acabou porque eu deixei de amar. Queria outras experiências. Mas digo, ninguém me amou como ele. Fui muito amada. Mas na vida…tudo tem um fim.
    E sim, AMANTE nada mais é do aquele que ama. Simples assim.
    Grande beijo !

  2. Qdo vi o post hj, descobri que podia ter lido ele ontem pra me sentir mais no clima – usando a primeira definição, lógico. ;)
    Mas, sabe do que lembrei: daquela música ‘amaaaada amaaaaante…’ nada a ver! hauhauhauhauha

    e, siiim, vc anda sumido!
    ;*

  3. É impossivel amar sem ser amante, e isso que faz a diferença nas relaçoes.

    Bjos querido!

  4. Dia do amante? Devia ter algo do tipo ‘vale encontrar o outro/a sem correr o risco de ser pego no flagra!’ rs

    Verdade mesmo que a palavra ‘amante’ quase sempre vem acompanhado do significado pejorativo, o que no fim é uma fama injusta a palavra.

    Amante são todos os apaixonados…E por incrível que pareça, tem gente MUITO apaixonado pela própria esposa…Pelo marido de mais de 30 anos…rs

    bjo

  5. passou despercebido…… snif!

  6. Esse é um terreno delicado.
    Mas que geralmente, quase todos nós já vivenciamos.

    Não cabe julgar se é certo ou errado. Enqto o mundo é mundo as práticas ditas perigosas de amor, paixão ou sexo, sempre existirão …. algo relacionado com emoção, adrenalina, aventura … coisas que sempre vão atrair o ser humano naturalmente sedento de prazer.

    Mas vale acrescentar: CUIDADO! rsrs

    um xêro!

  7. Posso parecer radical, e afirmo que sim, nesse aspecto eu sou, mas eu não aceito a palavra no sentido pejorativo. Acho ridículo. Um abuso, falta de coragem de uma parte e falta de ética em ambos. E isso nem é testemunho de uma corna (até onde sei, nunca fui). Prefiro o amante de um só, nem digo pela vida inteira, mas que seja um de cada vez. É mais interessante rsrsrs
    Beijossss

  8. Oi Rafa. Como a leitora do comentário acima eu também condenava e achava um absurdo e falta de vergonha na cara de ambos até passar pela situação como “a outra”(para ficar mais leve”. Acho que vc lembra da minha história. Fui “a outra” sem saber e quando soube não consegui me desvincular totalmente do cara pq já estava apaixonadinha. De início, dizia que não ia me apegar, mas não consegui.
    Beijos.

    • É Quel, muitas vezes somos pegos de surpresa em nossas vidas não é mesmo?

      Por isso que eu não julgo e nem mantenho preconceitos para nada! Vai que um dia eu acabe pagando com a minha língua?

      Beijoss!

  9. O dia do amante é todo dia!! vamos nos amar mais… isso é o importante o certo e o errado é ponto de vista de cada um …bjks.

  10. O importante é amar e ser amado né?
    bjoss

  11. acho que a palavra amante é por demais bonita para ser entendida somente em casos de adultério. Amante, é quem tem amor, é quem ama.

  12. Todos somos amantes – temos amor por outra pessoa que respeitamos e temos amor mesmoooo, quem trai tambem “pode amar” mas acredito que so a se mesmo(A).

  13. Eu não tenho preconceitos quanto ao amor…rs.. nenhum!

    beijos!

  14. Como já disseram, ninguém é de ninguém…
    Grande beijo querido!

  15. oi Rafhitch,
    sinto falta do seus posts … espero que breve vc volte a escrever.
    ;-)
    xêro

    • Não se preocupe Urban que eu não pretendo abandonar o blog. Só tenho que administrar melhor o meu tempo para poder voltar a postar constantemente.

      Beijosss e obrigado pelo comentário.
      ;)

O que você pensa sobre o assunto? Deixe sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*
*