Fala que eu te escuto

Envie a um amigo! Envie a um amigo!      Imprimir Texto Imprimir Texto
Dê sua nota:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem Classificação)

Mais uma pergunta enviada para mim por e-mail para o Fala Que Eu Te Escuto. Este e-mail foi enviado pela Líu com a seguinte dúvida:

De Líu
Me decepcionei em um relacionamento e agora não consigo mais gostar de outra pessoa. Estou com um paquera, mas não sei se iremos dar certo. Quero ir embora de minha cidade e arriscar a vida em outro lugar. Minha dúvida nesse momento é: abandono as poucas (quase nada) coisas que tenho aqui e vou embora ou tento mais um pouco? Vou abandonar tudo por um relacionamento mal sucedido, o que você acha?? Será que você pode me convencer do contrário?

Líu, primeiramente eu não vou lhe convencer de nada, você que terá que se convencer, eu apenas irei lhe dizer o que eu penso em relação ao que você me perguntou. Então vamos lá!

Você quer saber se abandona o que você tem hoje em sua cidade e vai embora para outra tentar alguma coisa, devido a um relacionamento que não deu certo. Então eu lhe pergunto: E quantas vezes mais irá fazer isso caso seus futuros relacionamentos venham a fracassar? Acha que abandonar tudo e ir embora é a coisa mais certa a fazer??

A resposta é uma só e creio que você também saiba qual é, a resposta minha cara, é NÃO! Fugir nunca foi, não é e nunca será a melhor coisa que alguém pode fazer em qualquer situação na vida. Tá certo que o seu relacionamento anterior não deu certo porém, isso não é motivo suficiente para você querer mudar de cidade, largar tudo o que tem onde está agora e arriscar a vida em outro canto. E seus amigos que você possui onde você está agora? E seu trabalho? E seus parentes? Vai arriscar largar tudo? Se você estivesse aceitando uma proposta de emprego irrecusável para trabalhar em outra cidade, aí sim seria até aceitável você deixar o que tem onde está e crescer em outro lugar, só que não é o que está acontecendo.

Você mesma disse que está com um paquera porém, não sabe se dará certo com ele. Pare e pense se não é você mesma quem está determinando isso inconscientemente? Será que você já está determinando inconscientemente que irá dar errado o seu relacionamento e que você irá sofrer ou seja, você mesma está atraindo isto para você por causa do seu pensamento?! O conselho que posso te dar em relação a isso é para que você procure não pensar em nada disso, não crie expectativas, viva cada dia como se fosse único, aproveite ao máximo os momentos com ele, sinta prazer em estar com ele. E no final você verá que tudo aconteceu por que tinha que acontecer. Não reprima seus desejos, sentimentos e vontades, não tenha medo de arriscar mais uma vez com outra pessoa, relacionamento é assim mesmo, aprendizado a todo instante, não deu certo com o outro, mas também não significa que não irá dar certo com o atual. Tudo é relativo e cada pessoa é de uma maneira, cada um pensa de uma forma diferente, possui valores e princípios diferentes e é isso que nos torna tão diferenciados.

Não se prive de sentir algo por outra pessoa, não se feche e não se retraia, até por que no coração não mandamos. E não pense que isso só acontece com mulheres, de se apaixonar por alguém e quebrar a cara. Nós homens também nos apaixonamos e quebramos a cara muitas vezes, o que acontece é que muitos homens mascaram os seus sentimentos e passam a impressão de que não estão nem aí para nada. Só que na realidade estão sofrendo por um relacionamento fracassado e com medo de querer se envolver novamente e quebrar a cara.

Outra coisa Líu, vai me dizer que você não gosta de carinho, atenção, etc.? E quando você for embora? Não vai sentir falta de carinho, de atenção? Lembre-se que você está indo embora por que quer, por que está fugindo mas, sabe muito bem que pode conhecer outra pessoa onde você for e que pode se apaixonar novamente e possa ser que dê certo, assim como pode ser que não dê. E aí? Será que você vai pensar da mesma maneira? Querer ir embora por que não deu certo? Pense nisso!

Você pode até pensar em não querer ninguém, querer ficar sozinha e achar que está ótimo assim, mas você não querer é uma coisa, você fazer é outra. Se privar de ser feliz não é a melhor coisa a ser feita. E quando vc estiver naqueles dias (não digo só com vontade de sexo)? Vai preferir ficar sozinha ou estar com uma pessoa que goste de você do seu lado, te fazendo carinho e satisfazendo os seus desejos?? Será que o problema não está em você? Será que o problema não está na sua forma de pensar e agir? Não seria a hora de você rever as suas atitudes, seus pensamentos, a maneira como você encara os relacionamentos?

Procure avaliar tudo isso e veja se você está dando oportunidade para as pessoas que se aproximam de você, lhe mostarem quem elas realmente são. Eu sei que não é tão fácil assim, até por que ninguém conhece o outro completamente, mas ao menos dê uma chance a você e a outra pessoa. Arrisque! Não se torne uma pessoa fechada e medrosa. Vá em frente, não deu certo, paciência, uma hora dará, acredite e não deixe as oportunidades passarem.

Tags: , , , , ,

Quem é o Rafhitch?

O Rafhitch é escorpianino, nascido e criado em Salvador-Ba, é uma pessoa fechada por ocasiões da vida, reservada (típico dos escorpianinos) e analítica por natureza, que adora estar em contato com os amigos e procura sempre preservar suas amizades. Uma pessoa difícil de entender, complicado às vezes, infantil sempre e brincalhão eternamente.

Subscribe to Comments RSS Feed in this post

21 Responses

  1. Olá, obrigada pela visita no blog. Adoro³!
    No início, achei o meme um pouco grande mesmo. Mas depois, pensei que seria uma oportunidade dos leitores me conhecerem melhor. E ainda bem que não decepcionei ninguém até agora. rsrsrsrs

    Depois, passo aqui com mais calma para ler. OK???

    Beijos

  2. Tenho uma dúvida imensa em minha mente.No mundo real,fora da blogosfera,qual é a atividade que você exerce? É ligada a psicologia ? Nossa,você me parece que tem o poder e a capacidade de nos confortar e aconselhar da maneira mais simples e clara possível,fazendo com que nossos problemas possa a ser encarados de uma maneira mais amena…Esperançosas de que tudo acabará bem no final.

    Bom,no caso da nossa amiga Liu,acredito que no momento ela possa estar com o seu amor próprio meio abalado,fato compreensível.Mas aceitável até um certo limite apenas,pois não se deve perder a vida e ou oportunidades por um deslize acontecido em algum momento de nossas vidas.

    Temos que ter consciência de que nenhum caso é igual ao outro assim como nenhuma pessoa é igual a ninguém.Nenhum relacionamento é igual ao outro….E não é porque um deles não deu certo,que todos os outros irão fracassar pelo mesmo motivo.
    Acho que sair da cidade,mudar de bairro enfim,algo do gênero,é uma maneira de fugir da realidade que não fuciona muito bem não…Temos que encarar de frente tudo isso e passar pra uma nova etapa da vida.Lembrando que antes de querer que alguém nos ame,temos que amar a nós mesmas…

    Espero que tudo fique bem….
    bjinhos

  3. Então eu vou te explicar como surgiu os numeros.

    Inicialmente era questão de disponibilidade!
    O numero um mto disponivel e numero 5 era mto dificil

    Hoje em dia isso mudou. O numero um é o que eu mais conhço, que eu mais me envolvi, assim decrescente.
    O numero 4 eu estou conhecendo =)

  4. Oi rafitch, trabalho exatamente com parte marinha, mais especificamente, vegetação de encostas e lagoas, como especialização.

    boa sorte, mas afimro que emprego é complciado. Penei até passar num concurso público da área

    bjos!

  5. Nos mulheres inventamos cada coisa!!!

    huahuahuahauhuauhauhauhahuahuahuahuahuauh na hora “h” dizer q eh virgem pra dispensar o cara essa é bom!

    mas o feitiço pode virar contra o feiticeiro: o cara se encanta por ela ser pura qdo na verdade não é.

    Ai o cara descobre que além de não ser virgem é mentirosa!

    hauhahahahuauhuha!

  6. Adorei o seu coments la no blog!!!!
    è bom ter um depoimento masculino naquele cantinho cheio de luluzinhas..ahahah
    TA vendo, nós achamos q so as mulheres passam por essas coisas…vc foi a prova viva q homens tbm sofrem!!..rsrs
    Seria otimo voltar a infancia principalmenet pqnao temso responsabilidades para nadaa, apenas brincare ser feliz!!!

    VEijocas da Loira

  7. Mandou bem no texto hein, parabéns acho que vou mandar um e-mail pedindo aconselhamento para o fala que eu te escuto..

    Beijos!!

  8. Obrigada pelo comentário lá no Scene.
    Adorei a idéia de um mergulho em Fernando de Noronha, pena que o meme fosse só de 8 coisas… eu já tinha pensado numas 50, foi díficil priorizar rs.
    Também gostei muito do seu blog, vou voltar no fim de semana pra ler com calma.
    Bjos

  9. Tenho uma colega que pasou por uma situação semelhante (terminou o noivado por causa de uma enorme sacanagem do cara) e se mandou na primeira oportunidade para o Rio de Janeiro acreditando que deixaria os problemas em Salvador. Diz ela que está muito bem lá, mas tenho minhas dúvidas. Demorou para achar emprego lá, ganha menos do que ganhava aqui e ainda tem que custear sozinha as despesas de um apartamento (ela morava com a mãe aqui).
    Eu tive uma decepção imensa há alguns meses, mas estou reconstruindo minha vida aqui mesmo. Se passar em algum concurso em outro Estado eu vou, mas não para fugir de problemas.
    Beijos.

  10. Oie, Obrigada pela visita!

    Se mudar de lugar, apagasse o problema…

    Bjos

  11. concordo c vc qnd diz se não está na hora de reaver atitudes,pensamentos e a maneira de encarar os relacionamentos,pq muitas vezes isso acontece mesmo é uma questão de se auto-avaliar p descobrir aonde tá o erro, e se fugirmos qnd tivermos uma decepção amorosa não vai resolver pq em outro lugar pode tornar a acontecer a mesma coisa é ficar e encarar a situação
    dar rumo a vida aonde está e não se mudar pq teve um prob,na vida a cada dia se aprende mais um pouco é saber tirar proveito desse aprendizado,

    bjs.

  12. Tudo bem. Fique a vontade e volte sempre!!

    Beijos July

  13. Felina, eu lhe respondi por e-mail porém, irei responder aqui também para que o pessoal que frequenta aqui (caso tenha a mesma dúvida) saiba.
    Eu não trabalho em nada relacionado a psicologia ou a saúde. Trabalho com tecnologia porém, eu adoro falar sobre esses assuntos que eu trato aqui no blog.

    E como muitos amigos(as) me pedem sempre conselhos, ou me procuram para desabafar (amigos são para essas coisas), eu resolvi criar o blog e escrever sobre essas coisas do nosso dia-a-dia.

    Beijos!

  14. Hmmm… Eu adoro o mar. E se eu for fazer um novo curso superior, acho que eu faria Oceanografia.

    No momento eu tenho apenas mergulhado :)

  15. Aí ela se complica..! E o cara dá um pé na bunda!

O que você pensa sobre o assunto? Deixe sua opinião!

O seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*
*